O Partido dos Trabalhadores, a UJC, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), e demais centrais sindicais em Caxias, promoveram manifesto pacífico a favor do governo Dilma e contra o Impeachment na manhã deste sábado (16).

Com faixas e bandeiras o movimento trabalhista chamou a atenção da população em Defesa do Direito da Classe Trabalhista e pela reforma política, além de ser contra as manifestações para o impeachment da presidente Dilma, o grupo também é contrário à privatização da Petrobras. 

Após o início do protesto, começaram os discursos de representantes de sindicatos e de entidades civis. Dentre os presentes, esteve o presidente o ex-militante do PT, agora no PCdoB, vereador Neto do Sindicato.

"Somos contra o golpe da direita que perdeu as eleições e não quer respeitar a democracia. Nós achamos que Dilma tem que consertar muita coisa, mas tem que continuar seu governo", frisou Neto.

Por volta das 15h30 da tarde os manifestantes recepcionarão uma Caravana vinda da cidade de São João do Sóter, e percorrerão em carreta pela principais avenidas de Caxias em favor da presidenta Dilma.

iCaxias/Mano Santos