Demissão de Marcos Pacheco foi confirmada durante reunião na sede do Governo (Foto: Twitter/ Felipe Camarão)Marcos Pacheco no Palácio dos Leões com representantes do Banco Mundial (Foto: Twitter/ Felipe Camarão)

Demissão foi confirmada na manhã desta terça-feira (26) pela Secap.
Quem assume o cargo é o advogado e secretário adjunto Carlos Lula.

Do G1 MA
O governador Flávio Dino (PCdoB) exonerou na manhã desta terça-feira (26), o médico Marcos Pacheco, do cargo de secretário de Saúde do Maranhão. Quem assume o comando da Secretaria de Estado da Saúde (SES) é o advogado e subsecretário adjunto Carlos Lula.
A demissão de Marcos Pacheco foi confirmada pela Secretaria de Comunicação e Articulação Política (Secap) no momento em que o secretário participava de uma reunião no Palácio dos Leões com representantes do Banco Mundial.
Carlos Lula disse ao G1 que o seu desafio inicial será colocar em funcionamento as novas unidades de saúde no Maranhão, mesmo neste momento de crise, e melhorar o serviço oferecido atualmente. Ele confirmou que ocupará o cargo em definitivo.
A enfermeira Drª Karla Trindade, que era a secretária de Articulação de Políticas Públicas, passa a ser a subsecretária de Saúde.
O ex-secretário Marcos Pacheco assumirá o cargo de secretário extraordinário de Articulação de Políticas Públicas.
Por meio de nota, o Governo confirmou a mudança de pastas e agradeceu "publicamente o trabalho, dedicação e empenho do ex-secretário Marcos Pacheco". Leia a íntegra da nota abaixo:
Nota
O Governo do Estado comunica mudança na Secretaria de Estado da Saúde (SES).  O advogado Carlos Eduardo Lula assume o comando da pasta em substituição ao ex-secretário Marcos Pacheco.
Carlos Lula ocupava a Subsecretaria de Saúde, responsável pelo gerenciamento da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh).
O Governo do Estado agradece publicamente o trabalho, dedicação e empenho do ex-secretário Marcos Pacheco durante o período em que comandou a Secretaria de Saúde. Pacheco assumirá a Secretaria Extraordinária de Articulação de Políticas Públicas.
Fonte: G1 Ma