O deputado estadual Wellington do Curso (PP) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão, na manhã de hoje (19), para posicionar-se em defesa dos servidores do Judiciário e dos aprovados no concurso do Tribunal de Justiça do Maranhão. 
Durante o pronunciamento, o deputado Wellington, que se destacou ao posicionar-se contra a retirada de 21,7% dos salários dos servidores do Estado, reafirmou o seu compromisso em defesa dos servidores públicos e dos aprovados no Concurso do TJ/MA.
“Desde o início de nosso mandato, temos nos posicionado em defesa dos servidores públicos de nosso Estado, dentre eles os professores, os aprovados nos concursos públicos da Polícia Militar, da Polícia Civil e, ainda, do Tribunal de Justiça do Maranhão. Quanto aos servidores do TJ, não poderíamos nos omitir de defender os que, diariamente, prestam serviços em defesa da concretização da Justiça", afirmou.
O pronunciamento do parlamentar tem por fundamento reivindicação do Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Maranhão (SINDJUS), que vai ao encontro de audiência que foi realizada pelo parlamentar em 2015.
"No ano passado, realizamos audiência que discutiu sobre a convocação dos aprovados no concurso do TJ. Na manhã de hoje, fomos informados de que o SINDJUS irá protocolar amanhã um pedido objetivando a suspensão do prazo de validade do concurso de servidores do TJ e, ainda, a nomeação de futuros excedentes dos cargos efetivos atualmente vagos. Além disso, os servidores públicos também questionam sobre a omissão do Conselho Nacional de Justiça, já que até o presente momento não se pronunciou sobre o processo.  Não estamos querendo polemizar situação alguma e tampouco contrariar o Tribunal de Justiça, mas nos colocamos à disposição para intermediar e, assim, atendermos os anseios dos nossos servidores que tanto fazem pela sociedade", destacou o parlamentar.