Na noite da última quarta-feira (9), o deputado estadual Wellington do Curso (PPS) participou da palestra sobre Minirreforma Eleitoral, ministrada pelo juiz de Direito e um dos idealizadores da Lei da Ficha Limpa, Márlon Reis. O evento, promovido pelo grupo empresarial Roberto Santiago, com o apoio do parlamentar, aconteceu na Assembleia Legislativa e contou com a presença de pré-candidatos ao executivo e legislativo, autoridades políticas, advogados e demais membros da sociedade civil. Na oportunidade, o magistrado também fez o lançamento do seu novo livro Direito Eleitoral Brasileiro, que relata as mudanças na constituição eleitoral.

Para Márlon Reis, a decisão do Senado foi equivocada e as pequenas mudanças são feitas apenas em benefício dos candidatos, não dos eleitores.

“Nós não precisamos de uma minirreforma, precisamos de uma ‘maxirreforma’ eleitoral, que vá ao centro das questões, mexa no sistema de votação, transforme o modelo de financiamento de campanhas, conceda mais transparência ao processo e envolva o eleitor”, afirmou.

Na ocasião, Wellington destacou a necessidade de se articular políticas participativas voltadas para os direitos sociais e a importância da discussão do tema para o atual contexto político.

“O Brasil precisa urgentemente de uma mudança no seu sistema eleitoral. Somente dessa forma poderemos avançar nas questões políticas do país. Atualmente a sociedade enfrenta, talvez, a maior crise política. Vivemos em um cenário em que a política está, de certa forma, robotizada. Tal característica afasta o Parlamento da população e, consequentemente, impede que os anseios da sociedade sejam atendidos. Almejando a transformação dessa realidade, temos enfatizado, diuturnamente, uma política participativa voltada para os direitos sociais e, assim, para o verdadeiro clamor social", ressaltou o parlamentar.