O Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon) notificou, durante fiscalização realizada no início da tarde desta segunda-feira (21), a agência central do Banco do Brasil em Caxias.

Com o objetivo de buscar a humanização dos serviços bancários, o Procon verificou várias irregularidades, entre elas:  descumprimento do tempo máximo de espera para atendimentos nos guichês (que é de 30 minutos); ar condicionado sem funcionar; falta do CDC em local de fácil acesso ao consumidor; cadeiras insuficientes para consumidor em espera; bebedouro com defeito.

Segundo o Procon, o banco foi notificado e tem até 10 dias para apresentar defesa.

“Sabemos que essa realidade não vai mudar da noite para o dia, mas estamos fazendo nosso trabalho e pedimos a ajuda da população para que quando estivermos no banco fazendo as fiscalizações, colaborem registrando sua denúncia. A multa da fila é calculada pelo número de consumidores em espera, quanto mais pessoas maior a multa”, frisa a coordenadora do Procon Caxias, Ireneide Alencar.





Operação

A ação dos Procon/MA junto às unidades financeiras segue o programa permanente de humanização do serviço bancário no Maranhão. Somente em 2015, a fiscalização alcançou 27 municípios, instaurando 188 processos em decorrência de 207 autuações.


Fonte: