Dnit garante que contratos já foram assinados e serviços iniciados (Foto: Reprodução/TV Mirante)Dnit garante que contratos já foram assinados e serviços iniciados (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Governador disse no Twitter que se reuniu com dirigentes do Dnit.
Segundo Dino, equipes vão começar recuperação na próxima semana.

Do G1 MA
O governador Flávio Dino (PC do B) informou pelo Twitter, nesta terça-feira (29), que se reuniu com dirigentes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para cobrar a recuperação de rodovias federais do Maranhão.
"Recebi agora visita de dirigentes do DNIT do Gov Federal. Continuarei cobrando p/ que compromissos deles sejam atendidos, sobre BR 135 e 222", disse Flávio Dino, no início da tarde.
Dino informou que as equipes do órgão responsável pelas vias iniciaram os trabalhos na próxima semana. "DNIT assumiu compromisso de que haverá 8 equipes recuperando BR 135 na próxima semana. Também BR222. E que duplicação será retomada em abril", conclui
O governador já havia cobrado ações do Dnit na rede social. Ele havia dito que há meses vinha pedindo a recuperação emergencial da BR-135, além da retomada da duplicação. "Venho alertando o Governo Federal para as tragédias que ali se verificam. Infelizmente, há meses o Dnit permanece inerte", escreveu.
Em nota encaminhada ao G1, o Dnit não confirma início das obras na próxima semana e afirma que está tomando "as providências legais para devolver aos maranhenses a sua mais importante rodovia em normais condições de trafegabilidade, foram adequadas e tempestivamente tomadas pela superintendência do DNIT no Maranhão".
PGE pede recuperação imediata da BR-135
A Procuradoria Geral do Estado (PGE) protocolou na terça-feira (29), na Justiça Federal, uma Ação Civil Pública (ACP) com pedido de liminar contra a União e o DNIT pedindo a recuperação imediata da BR-135.
Flávio Dino informou sobre reunião com Dnit pelas redes sociais (Foto: Reprodução/Twitter)Flávio Dino informou sobre reunião com Dnit
pelas redes sociais (Foto: Reprodução/Twitter)
A ação foi protocolada pelo procurador-geral do Estado Rodrigo Maia e visa defender os direitos dos cidadãos maranhenses à livre locomoção, à segurança pública, ao meio ambiente urbano equilibrado e à própria vida, bem como prevenir danos ao Patrimônio Público do Estado do Maranhão, diante da omissão ilegal da União e do DNIT quanto à conservação e recuperação da rodovia BR-135, no trecho compreendido em território maranhense.
Assassinato
A bailarina Ana Lúcia Duarte Silva, de 51 anos, levou seis tiros de espingarda na madrugada deste sábado (26) após desviar dos buracos na BR-135, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
Na tarde de sábado, a polícia prendeu dois suspeitos de terem participado do assassinato de Ana Duarte. Um deles é menor de idade. Ambos foram levados para a Delegacia de Homicídios da Capital, onde foram autuados.
Fonte: G1 Ma