Uma jararaca de 30 centímetros encontrada por moradores de uma chácara no município de Itupiranga e entregue ao setor de zoologia da Fundação Casa da Cultura de Marabá (FCCM). Essas serpentes apresentam grande variação em tamanho, e são bastante temidas por serem peçonhentas. Segundo informações, neste caso de Itupiranga o bicho foi morto por populares amedrontados que logo notaram algo estranho: a cobra possuía duas patas.

Depois disso não demorou muito para espalhar o boato que no município de Itupiranga foi descoberta uma cobra com patas, o assunto ganhou repercussão inclusive pela Imprensa marabaense.

No setor de zoologia da FCCM, a cobra que gerou boatos entre populares de Itupiranga foi recebida por Maria Betânia Furtado, que logo notou que algo não condizia com a realidade. Maria Betânia observou que as patas na Jararaca não eram da cobra e sim de um sapo que serviu de alimento pra ela, agora com a situação estudada e esclarecida, o bicho fará parte do amplo acervo da FCCM.



iCaxias