Antes mesmo se der oficialmente inaugurado no último dia 27, o HMAE - Hospital Macrorregional Everaldo Aragão, em Caxias, já estava em pleno funcionamento. E para diminuir o tempo de espera em alguns procedimentos, o presidente da Assembléia Legislativa do Estado, deputado Humberto Coutinho, anunciou atendimentos em forma de mutirões.
  
“A nossa alegria é intensa com a inauguração desse hospital. Caxias está de parabéns, pois o hospital está funcionando a todo vapor e, em breve, vamos realizar vários mutirões, incluindo o de vesícula”, afirmou o presidente.

Paralelo à inauguração oficial do hospital, estavam sendo realizados dois mutirões, simultaneamente, de cirurgias ortopédicas e oftalmológicas.
  
Durante a solenidade, o parlamentar também destacou a importância do HMEA para toda região Leste Maranhense. Ao final do seu pronunciamento, Humberto Coutinho, emocionado, agradeceu a maneira gentil como foi recebido pelo povo de Caxias e disse também que se sentia muito bem com o apoio dos deputados e de toda classe política. “Só peço a Deus que me dê saúde para continuar trabalhando pelo povo do Maranhão, em especial, por Caxias”, disse ele.
  
Já o Governador Flávio Dino, aproveitou o momento para agradecer o feedback com a Assembléia. “Humberto usou todo o seu peso político pelo bem da região dos Cocais”, afirmou ele referindo-se ao empenho do deputado para a inauguração do hospital.  Flávio Dino também enfatizou que “se não fosse a Assembléia Legislativa nós não estávamos andando tão bem e mudando a cara do Maranhão para melhor”,
  
O prefeito Léo Coutinho também ressaltou a importância do HMEA. “E em nome da população, eu gostaria muito de agradecer ao governador, pois quando ele assumiu em janeiro, a obra estava parada por problemas fundiários. Para se ter uma idéia, começaram a construir o hospital quando nem o terreno pertencia ao Estado, e o Flávio Dino, ao lado do secretário Marcos Pacheco, de forma dinâmica, em apenas 11 meses de governo conseguiu regularizar as irregularidades e hoje podemos oferecer saúde de qualidade para mais de 783 mil pessoas de 26 cidades da região” afirmou o prefeito de Caxias.
  
O Hospital Regional tem 122 leitos de internação, O corpo clínico conta com 50 enfermeiros e 70 médicos. São oferecidos também serviço de apoio de diagnóstico e terapia, com laboratório, radiologia, ultrasonografia, tomografia, endoscopia, eletrocardiograma, densitometria, ecocardiograma, diagnósticos oftalmológicos, mamografia, teste ergométrico, Holter, entre outros.
  
Homenagem
O nome do hospital é  homenagem ao médico caxiense Everaldo Ferreira Aragão, falecido em 2010, após três anos de luta contra um câncer nos rins. Everaldo Aragão atuou por 33 anos nas áreas de cirurgia geral, ginecologia, obstetrícia e ultra-sonografia.





iCaxias