O UFC anunciou nesta quinta-feira (24) que o brasileiro Anderson Silva voltará ao octógono mais famoso do mundo diante do inglês Michael Bisping. O duelo será a atração principal do evento que acontecerá no dia 27 de fevereiro, em Londres (Inglaterra).

Inicialmente, Bisping enfrentaria Gegard Mousasi, mas este foi retirado do duelo por circunstâncias ainda não esclarecidas. De acordo com o repórter Ariel Helwani, do "MMA Fighting", o atleta não se machucou e ainda existe a possibilidade dele fazer a co-luta principal da noite.

Anderson Silva não luta desde o dia 31 de janeiro, quando venceu Nick Diaz por pontos. No entanto, o duelo acabou sendo considerado como luta sem resultado porque o brasileiro testou positivo para o uso de esteroidos anabolizantes e ficou um ano suspenso. Aos 40 anos, o ex-campeão dos médios (84 kg) possui 33 vitórias, seis derrotas e uma luta sem resultado na carreira.

Bisping, por sua vez, vem de dois resultado positivos contra Thales Leites e CB Dollaway. Veterano do UFC, o inglês possui 27 vitórias e sete derrotas na carreira como profissional de MMA e atualmente ocupa a sétima colocação no ranking dos médios.