Manifestantes se reúnem na Praça Deodoro, em São Luís (Foto: Regina Souza/TV Mirante)Manifestantes se reúnem na Praça Deodoro, em São Luís (Foto: Regina Souza/TV Mirante)

Grupo saiu em passeata pela Rua Grande, em São Luís.
Organização diz que 2 mil participaram; Polícia Militar informa 400.

Do G1 MA
Representantes das centrais sindicais, movimentos sociais e estudantis e do Partido dos Trabalhadores (PT) protestaram, nesta quarta-feira (16), contra o processo de impeachment aberto contra a presidente Dilma Roussef  (PT) pelo presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Segundo a organização, 2 mil estiveram presentes no ato. A Polícia Militar informa 400 participantes.
O grupo saiu em passeata, às 17h03 (horário local), pela Rua Grande (principal centro de comércio popular de São Luís).
Passeata percorre Rua Grande com destino à Praça Deodoro, em São Luís (Foto: Regina Souza/TV Mirante)Passeata percorre Rua Grande com destino à
Praça Deodoro (Foto: Regina Souza/TV Mirante)
Durante todo o trajeto, os manifestantes pediram a saída de Eduardo Cunha na Presidência da Câmara Federal. O protesto terminou às 18h07, na Rua do Passeio, onde houve dispersão.
A previsão era de término na Praça Deodoro, a poucos metros. A caminhada percorreu locais onde é proibido o trânsito de veículos e não afetou o trânsito.
Protesto pró-impeachment
Houve protesto contra o governo Dilma Rousseff, na tarde de domingo (13), na Avenida dos Holandeses, na área nobre de São Luís. O ato, convocado pelos movimento "Vem Pra Rua" e "Eu Te Amo, Meu Brasil", apoia o processo de impeachment. Segundo os organizadores, 500 manifestantes participaram no ato; a Polícia Militar confirmou o número.
Fonte: G1 Ma