Na manhã da última terça-feira (15), durante sessão plenária na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Wellington do Curso (PPS) cobrou do governo do Estado e da Secretaria Estadual de Segurança Pública, brevidade na elucidação dos assassinatos no Maranhão, cujas investigações ainda não foram concluídas.
Na ocasião, o parlamentar relembrou o caso de um estudante de enfermagem, que no início do ano foi assassinado na ponte São Francisco, em São Luís, e recordou, ainda, o assassinato contra blogueiros no Estado.

"No primeiro semestre, uma jovem estudante de enfermagem foi assassinada na ponte São Francisco, em plena luz do dia, em um assalto, e até hoje não se sabe se o assassino foi o assaltante, se era um policial que estava no ônibus ou o que realmente aconteceu. Uma jovem de 18 anos também perdeu a vida em um assalto na capital em São Luís, em plena luz do dia. 

Mais um caso que não foi elucidado. Não é de hoje também que faço um apelo em nome da família do amigo blogueiro Ítalo Diniz, de Nunes Freire, para que os assassinos que tiraram sua vida possam ir para a cadeia, bem como os seus mandantes, e que nós possamos ter, assim, a justiça prevalecendo em primeiro lugar. Para que a impunidade não prevaleça no Maranhão e em defesa da dignidade humana, solicito ao governador do Estado e ao secretário de Segurança Pública rigor nas investigações e na elucidação não só desses, mas de todos os assassinatos e homicídios que estão impunes no Maranhão", ressaltou.